Cai não cai

Lá vai mais uma postagem  de brinquedo de quando nós, mães, éramos crianças… Na minha casa, o cai não cai sempre foi considerado um jogo perigoso, pois tinha varetas pontudas e bolas de gude… por isso ele ficava no alto do armário e só podíamos jogar com um adulto nos vigiando.

Por isso, quando finalmente ele entrava na roda, era a maior gritaria da molecada!!! Ainda me lembro da algazarra misturada ao barulho das bolinhas caindo na bandeja de plástico.

Daquela época pra cá algumas coisas mudaram: as bolinhas de gude foram substituídas por bolinhas de plástico e as varetas não são mais tão pontudas.O que não mudou foi a diversão desta brincadeira, caracteriza pela imprevisibilidade. Segundo o Bê, é um jogo cheio de armadinhas, daquelas que nunca sabemos como será a próxima etapa e passar a brincadeira toda seguindo a mesma estratégia é impossível.

Outra coisa que mudou enquanto estávamos na adolescência: agora existem várias versões para o jogo: na do Buzz Lightyear o compartimento de bolinhas simula um foguete. Também tem a adaptação do jogo vinda do filme Carros, dos Heróis da Marvel e do Cocoricó, entre outros.

Uma versão que merece destaque é a sustentável, feita com garrafa PET, tampinhas e palitos de churrasco, que eu encontrei no blog Amo muito meu planeta.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s